Sobre: Experiências de bordo, Rio de Janeiro

Querido 2015,

Você veio com tudo esse ano. Um milhão de coisas aconteceram e continuam acontecendo… Parece que você tem se esforçado até o fim para ser um daqueles anos marcantes e inesquecíveis na nossa vida. Com certeza será!
Sabe 2015, eu enxergo cada ano que passa o fim de um pequeno ciclo da nossa vida. Existem pessoas que não acreditam em Ano Novo. Eu acredito! Cada ano que passa é uma nova oportunidade de se pensar novos hábitos, criar novos sonhos, enxergar novas expectativas e ser feliz :)
Para mim, você não foi um ano onde realizei uma grande viagem, porém pude concluir etapas importantes da minha vida. Me formei, fui demitida, achei um novo emprego e tomei uma decisão muito importante que vai mudar muitas coisas no meu futuro (assim espero!).
Porém, nenhum ano é válido se não realizarmos um sonho nele.
Então 2015, me peguei pensando…qual sonho eu tive a oportunidade de realizar nesses 365 dias que se passaram?
itatiaia

A vista das Agulhas Negras no início da trilha :)

Fazendo um balanço do meu ano, percebi que eu consegui realizar um sonho de muito tempo atrás: subir as Agulhas Negras! A minha irmã já tinha subido, porém na época, em função da minha idade, eu não consegui ir e acabei guardando essa vontade por muito tempo. Um dia acordei e falei para mim mesma “vou subir as Agulhas negras” e em julho eu decidi ir, levando meus companheiros de sempre: Miho e Ed e também, nova nessa empreitada, a minha amiga Stela.
O melhor jeito de visitar as Agulhas Negras é indo de carro. Durante um final de semana é possível visitar o Parque Nacional de Itatiaia e fazer Agulhas Negras e Prateleiras (os dois pontos mais famosos). Para acessar o parque, pagamos uma taxa de R$22,50 (sábado+domingo). Lá ficamos hospedados no Hostel Picus, que fica no meio da rodovia. O local é super aconchegante e com alma de montanhista. De lá é possível enxergar um pouco os picos do parque, além de ser um lugar extremamente agradável e com uma super infraestrutura (e banho quente!). O próprio hostel indica o guia para realizar as trilhas no parque. É possível fazer sozinho, porém se você quiser alcançar o livro de assinaturas (Itatiaia tem esse marco: assinar o livro do “eu estive aqui”) é necessário usar equipamento de segurança de escalada.
O parque é maravilhoso e a paisagem incrível. A trilha em si, não é extremamente difícil, porém é desgastante por ter muitos trechos de escalaminhada. Ela dura em torno de 6h ida e volta. Por ser um parque “limpo” é possível ter uma visão 360º do parque a cada topo que você alcança… É incrível!
Uma pausa antes de alcançar o pico, visão incrível!

Uma pausa antes de alcançar o pico, visão incrível!

As Agulhas Negras valem ser visitadas um dia. Tão perto de São Paulo, tão bela… Tão revigorante :) Quando eu cheguei lá em cima, sabia que a vida valia a pena!

Sabe 2015… Acho que cada ano vale a pena quando você realiza um sonho. Melhor que sonhar é concretizar essas vontades. E em 2015 realizei esse sonho: assinar o livro das Agulhas Negras e soube que ainda existem muitos topos para alcançar. 2015, você está chegando ao fim… E para 2016 eu já tenho alguns sonhos, espero realizar todos, porque o próximo ano trará 365 novas oportunidades… ou melhor: 366, porque é um ano bissexto!
Segue um último registro do porquê as agulhas negras valem a caminhada:
itatia 3

No topo das Agulhas Negras!

Querido 2015, obrigada por você ter acontecido. Faltam 3 dias até o seu final, vamos ver o que você nos aguarda :)
E até breve!

Escrito por Rebeca Yoshisato

Rebeca, paulistana nascida nos anos 90. Divide sua dedicação em três atividades que ama: o movimento escoteiro, a natação e a bicicleta :) Alma de mochileira, extremamente sonhadora e aficionada por montanhas. Ama uma boa conversa e se encanta por histórias inspiradoras. Nas horas de folga gosta de fazer trilhas, nadar em mares e tomar um bom café.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *